quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Em dia

Caramba! Meu último texto publicado aqui no blog foi a exatos 4 meses e 4 dias! Isso é muito tempo! Pode acontecer muita coisa durante esse periodo, inclusive eu ter ganhado na mega-sena (que, lamentavelmente, não aconteceu) ou ter sido preso (coisa que não aconteceu e nem irá).

Nesses 4 meses muita coisa mudou em tudo. Aconteceram coisas realmente fantasticas e coisas horriveis. Conheci pessoas, fiz amigos, fiz burradas e qualquer outra coisa que as pessoas com minha idade fazem. Mas algo em especifico que gostaria de compartilhar com vocês: Um texto meu foi publicado no jornal de minha cidade!



O texto "Prioridades" que escrevi ganhou espeço na página 2 do Diario Popular do dia 22/04/12. Um dia antes de uma importante manifestação contra a corrupção que ocorreu no municipio aonde moro. Se me permitirem expressar minha opinião de como foi ler meu nome abaixo de um texto na pagina 2 de um jornal, aonde normalmente se localizam cronicas de pessoas conhecidas e bem conceituadas (pessoas que considero que se encontram em outra categoria, bem acima da minha), eu fiquei simplesmente sem palavras. Foi uma grande satisfação poder ter um texto publicado, ainda mais um texto no qual eu expressei tudo que eu pensava sobre o assunto, criticando a todos os envolvidos (até a imprensa, que ironicamente publicou o texto depois). É ótimo ter um texto seu no jornal, mas o mais importante é saber que a minha critica chegou a publicos que meu blog não conseguiria alcançar. É muito satisfatorio.

Não sei se conseguiram pegar o que eu quis dizer com isso. Mas eu quis dizer que é uma responsabilidade enorme ter a sua opinião lida por diversas pessoas, e algumas vezes esse "poder" não é usado para a sociedade, mas contra ela. Este assunto está diretamente ligado a ideia central do texto "Prioridades" anteriormente escrito por mim.

A população quer que o jornalismo lhe auxilie a cumprir a cidadania, quer que o jornalismo volte a ser o famoso "Quarto Poder". O jornalista tem que ser o advogado da população, defendendo os cidadãos e revelando fatos.

O jornalismo foi criado para informar, não alienar.


PS: Assistam a nova produção do grande roteirista Aaron Sorkin, The Newsroom. É exatamente sobre transparencia no jornalismo. Os dialogos são incriveis e bem elaborados. Recomendo a todos os cidadãos do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário